Quando Eu Era Vivo

Longa baseado o livro “A Arte de Produzir Efeito Sem Causa“, de Lourenço Mutarelli, “Quando Eu Era Vivo” ganhou suas primeiras imagens oficiais. Marat Descartes, Sandy e Antônio Fagundes estampa as imagens.

Depois de largar o emprego e a mulher por motivos que guardam uma infeliz coincidência, Júnior pede abrigo na casa do pai. Sem dinheiro nem perspectivas, seus dias se dividem entre o velho sofá da sala transformado em cama, o bar onde bebe com desocupados e as conversas com a jovem e atraente inquilina do pai, Bruna, que ambos espiam através de um furo no armário. A pasmaceira só é interrompida quando começam a chegar pelo correio pacotes anônimos com recortes de notícias velhas – uma delas sobre o episódio em que o escritor William Burroughs matou a mulher acidentalmente. Enquanto se entrega a reminiscências e persegue objetivos pequenos e imediatos – a próxima refeição, o resgate de uma dívida com o antigo chefe, o dinheiro para o próximo cigarro – Júnior começa a roer a corda que separa sanidade e loucura.

Dirigido por Marco DutraGilda Nomacce, Kiko Bertholini, Helena Albergaria, Rony Koren, Tuna Dwek, Eduardo Gomes e Lilian Blanc completam o elenco.

quandoeueravivo_1 quandoeueravivo_2 quandoeueravivo_3

Anúncios

Publicado em março 12, 2013, em Drama. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: