Resenhas: “Superman – O Homem de Aço” #2 (Spoiler sem mto spoiler – diz meu amigo Igor Moreno)

ESSA RESENHA NÃO É A MESMA QUE A OUTRA, SÓ INCREMENTEI COM O QUE JÁ TINHA ESCRITO COM SPOILERS.

Então vamos lá. O que falar de “Superman – Man Of Steel”. Depois do fracasso “Superman – O Retorno”, a DC voltou a fazer um novo reboot do herói mais conhecido de todos os tempos, até mais conhecido que os “Vingadores” da Marvel, e tentando não errar. E assim começou incluindo dois profissionais, “pica das galáxias“ Zack Snyder e Christopher Nolan. A dupla fez um interessante e corajoso longa, que pouco se arriscariam a fazer.

No começo somos inseridos dentro do lindo e fodástico planeta de Krypton, prestes a ser destruído. E no planeta, o destemido soldado Jor-El (Russel Crowe), além de tentar defender o fim do seu incrível mundo, o cruel e poderoso General Zod (Michael Shannon), no mesmo período que tenta salvar a vida de Kal-El, seu filho, que todos conhecemos como Superman. Nesses 20 minutos de introdução do longa que se passa totalmente em Krypton, são simplesmente espetaculares, os efeitos especiais são maravilhosos, as destruições muito bem feitas, a mente de toda equipe e produção do longa, e o sempre seguro Crowe com sua atuação espetacular.

Man-of-Steel-Michael-Shannon-image

Mas depois desse inicio maravilhoso, o filme começa a se arrastar um pouco, quando tenta conciliar o passado e o presenta de Clark Kent, mostrando vários flashbacks do personagens, que por sinal alguns são bem interessantes e outros nem tanto assim, e as condições de seus pais adotivos (Costner e Diane Lane) criando o jovenzinho, que acaba moldando definitivamente o caráter do super herói. Como no inicio que se passa todo no planeta Krypton, onde a uma incrível atuação de Russel Crowe, as sequencias com os flashs de Clark na Terra, mostra uma brilhante figura paterna de Kavin Costner. Mesmo tendo o menor papel do elenco principal, e o melhor das performances, com muitas cenas fortes.

Depois da historia, David S. Goyer e o espetacular Christopher Nolan, mostram um verdadeiro ringue de ação e muita porrada, que acaba preenchendo todo o final do longa, com o grande e magnifico trabalho do diretor Zack Snyder. Mas tudo isso, todos nós já esperávamos, já que Snyder é conhecido por fazer muita ação, pancadarias e etc, em seu filme, assim como em “300”, “Watchmen” e outros.

Man of Steel

Apesar de não desenvolver muito das suas várias performance, o ator Henry Cavill não decepciona em nenhum momento. Além de sua beleza física, o cara é um tremendo ator, e já vimos isso em “Imortais”. Só faltou um pouco do personagem com mais carisma e sentimentalismo, que já vimos nos filmes antecessores. E a única parte sentimental do herói e a Amy Adams, que por sinal, rouba todas as cenas no longa, fazendo uma atuação perfeita, sem nenhum defeito, mas faltou um pouco daquele romance, aquela química quente entre Clark Kent e sua personagem, que acaba descobrindo a identidade secreto do super herói muito cedo, e privando assim, o publico daqueles momentos descontraídos e charmosos.

O-Homem-de-Aco-03Jun2013_04

O vilão Zod, apesar de ter momentos muitos fracos por Michael Shanon, também é bastante interessante. E sim, o lado mais humano do herói, é mostrado ao publico, o que acaba sendo um ponto forte do filme.

E claro não podia deixar de falar na trilha sonora do filme. Hans Zimmer é o cara, simplesmente o cara pra criar trilhas sonoras. Acho que boa parte do filme é muito boa, por causa da trilha sonora. O cara é simplesmente o mestre dos metres em áudio, e passa isso pro publico de uma maneira, que todos saem das sessões direto pra comprar um álbum desse. Sem mais, o cara manda muito em relação a trilhas de longas metragens bons. Sem ele o filme não seria nada.

O-Homem-de-Aco-23Mai2013_06

É um dos filmes, se não for o único, mais esperado do ano, faz jus a sua qualidade, ótima direção, produção fantástica, e atuações que merecem ser aplaudidas de pé (mas só algumas). O filme realmente, supriu as minhas expectativas, que só não vale muito a pena assisti em 3D, o que acaba sendo dinheiro jogado fora. Mas como eu assisti de graça foda-se. Rsrsrsrs

E esperamos, muitos ansiosos por “Justice League”.

Man-of-Steel_01

Anúncios

Sobre Will Alvez

Vida Cinematografica

Publicado em junho 29, 2013, em Resenhas. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: