Comic-Con 2013 | Painel WB/Legendary com 300, Godzilla e mais

O primeiro painel deste sábado aqui na Sala H da Comic-Con 2013 foi dividido entre a Legendary Pictures e a Warner Bros., a começar por uma das próximas parcerias da produtora e o estúdio, o remake de Godzilla. Logo de cara é exibido um video em preto e branco com uma explosão atômica que parece vir direto dos anos 1950, e emenda com o teaser mostrado ano passado na convenção, com as primeiras imagens do monstro.

Nós terminamos de filmar há dois dias no Havaí“, começa o diretor Gareth Edwards. “É claro que existe a pressão de refilmar um clássico, mas a maior pressão eu coloco sobre mim mesmo. Quero fazer o melhor filme possível, e trabalhamos junto à Toho para fazer o melhor Godzilla possível. Tem gente que faz seu projeto pessoal, de coração, e depois faz um blockbuster, mas pra mim o projeto gigante de Godzilla é o meu filme ‘artístico’ que realmente quero fazer.

Bryan Cranston diz que o Godzilla era seu monstro preferido na infância, mais do que King Kong, “que era meio buá, buá, nhé nhé“, diz o ator. “Com Godzilla não tinha esse choro, ele não se importa e você pode ver só a destruição“. Quando chega a hora de mostrar o novo teaser, os presentes dizem que “vamos agora mostrar algo para vocês“, e Cranston se levanta como se fosse abaixar as calças, fazendo a Sala H explodir em riso. “Esse é o apelido que dou para ‘ele’: Godzilla.”

Godzilla-Comic-Con-2013-poster

Em seguida – agora sim – é mostrado um novo trailer teaser. O vídeo começa com relances rápidos do elenco principal, destruição e paisagens alagadas, exército, paraquedistas, helicópteros… Então vemos um monstro que parece um cruzamento de gafanhoto com o monstro de Cloverfield com a cabeça angulosa do Alien. Ele provoca uma explosão em cadeia num aeroporto. A câmera faz um movimento lateral da esquerda para a direita e podemos ver dois jumbos explodindo na pista pelo ponto de vista das pessoas dentro do aeroporto. Depois que o segundo avião explode, a pata do Godzilla aparece entrando no movimento da câmera. Só a pata dele é metade do tamanho de um jumbo. Depois o Godzilla se ergue do chão por trás do outro monstro e parece ter cinco vezes o tamanho da criatura rival.

Depois que essa primeira apresentação acaba, a tela escurece para mostrar um teaser de Warcraft, o filme do game World of Warcraft. Um homem de armadura e espada aparece numa paisagem desértica e rochosa, com tempestades verdes acontecendo no horizonte em nuvens escuras. Ele parece olhar para um ponto especifico em sua frente, depois vê o esqueleto de um cavaleiro no chão. Ele agacha e pega o escudo do cavaleiro – que tem um emblema de leão. Em seguida volta a olhar para frente. A câmera muda de perspectiva e chega junto a um orc verde que tem outro equipamento caracteristico dos jogos, o martelo pontudo. A câmera fica do lado do orc, e acompanha quando a criatura começa a correr em direção ao humano. O vídeo termina quando os dois se encontram, o martelo em cima do escudo.

SP2305

300 – A Ascensão de um Império

Rodrigo Santoro veio a San Diego para a apresentação do novo 300, e o trailer exibido aqui na convenção mostra que o ator tem mesmo participação central em 300 – A Ascensão de um Império. Em uma batalha contra os persas, o grego Temístocles atira da praia uma flecha e acerta, em um barco, bem no peito do rei persa Darius. Eis que Santoro, no papel de Xerxes, o filho do rei, aparece por trás de Darius para segurá-lo nos braços no barco. Santoro está com sua barba habitual, cabelos e sobrancelhas e não tem ainda o visual conhecido de Xerxes.

A personagem de Eva Green aparece para encerrar o luto de Xerxes, removendo com a mão a flecha do peito do Darius. Ela pega o príncipe do chão e o manda para o deserto, para prepará-lo à sucessão. Depois de se banhar literalmente em poder, Xerxes retorna, nas palavras dela, como um deus, sem qualquer traço de humanidade, e vemos o visual consagrado do persa. Ela o controla: sussurra “guerra” nos bastidores e Xerxes grita “guerra” para os seus guerreiros. Começam então mais cenas de batalha, ao som de Black Sabbath, cortadas por pegação (não dá pra ver direito se é a Rainha Gorgo de Lena Headey ou Eva Green se agarrando com homens) e momentos de lutas já vistos no primeiro trailer.

Santoro diz que foi divertido voltar a Xerxes, fala que é um personagem intenso e divertido de interpretar. “Ele se autointitula deus-rei e precisa ter um visual à altura. Eu não acho que ele é mal puro, ele tem muito dentro dele, tem as razões dele, ele tenta fazer o que o pai estava tentando, que é conquistar o mundo.” Ainda sobre visual, o diretor Noam Murro diz que o filme tem tanta tela verde que ele se livra de tudo verde quando volta para casa – sem camisa verde, garrafa verde… Brincadeiras à parte, ele fala que o visual do filme é um pouco diferente do outro 300 porque as batalhas acontecem na água, então o ponto de vista naval traz uma variedade de novas opções visuais.

300-A-Ascensao-de-um-Imperio-poster-11Jun2013

Gravidade

O diretor Alfonso Cuarón veio mostrar cenas inéditas do seu novo filme, e já avisou logo de cara que o vídeo tem efeitos sonoros de explosão, por questões de marketing, mas no filme finalizado essas cenas não têm barulho – para respeitar o fato de o som não se propagar no vácuo do espaço. Só ouviremos a trilha sonora e a comunicação de rádio dos astronautas.

A cena mostrada é um longo plano-sequência, o momento em que a tarefa de rotina dos astronautas vividos por Sandra Bullock e George Clooney do lado de fora da espaçonave se torna um pesadelo, por conta de destroços de satélites que estão vindo em direção aos dois. Imagine os longos planos de Filhos da Esperança com os atores indo e vindo em gravidade zero e rodando 360 graus no espaço. Tudo gira, a Terra aparece e desaparece do nosso campo de visão no fundo, e essa coreografia é absolutamente hipnotizante. É sem dúvida o material mais impactante mostrado na Sala H na Comic-Con neste ano.

Perguntado sobre a dificuldade dos planos-sequências, Cuarón diz: “Não é difícil para mim, é difícil para todo mundo que está trabalhando ao meu redor. E o papel dos atores é fundamental”, brinca. “Treinamos todo dia por seis meses antes de filmar, e todo dia durante a filmagem, para fazer essa coisa meio Cirque du Soleil”, conta Bullock sobre sua preparação. “Eu dancei a vida toda, fiz balé, e finalmente encontrei um filme em que eu pudesse exercitar um pouco isso. Sou claustrofóbica, mas atuar num ambiente fechado era um desafio que eu estava disposta a enfrentar.”

Gravidade-poster

Superman e Batman

Ao final do painel foi mostrado o primeiro trailer de Edge of Tomorrow (ex-All You Need is Kill). Parece uma mistura de Feitiço do Tempo com filme de guerra, embora não dê para saber contra quem está lutando o exército de soldados usando exoesqueletos (eles são soltos desenbarcados de aeronaves direto nas batalhas como se estivessem pendurados em ganchos de açougue). No meio disso tudo, filmado com estética documental como Distrito 9, Tom Cruise parece meio desengonçado, tentando se mover em terrenos arenosos com sua armadura.

E então Zack Snyder é chamado ao palco, para anunciar o que todos esperavam: o novo filme de Superman, com a participação de Batman. Um logo no telão revela o emblema do Morcego combinado com o “S”, como nos quadrinhos e nas animações, mas Snyder diz que o roteiro (que já está sendo escrito) não se inspira em nenhuma história específica de Batman/Superman.

batman-superman-logo

Anúncios

Sobre Will Alvez

Vida Cinematografica

Publicado em julho 20, 2013, em Comic-Con. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: